Aprendendo SIG com Game of Thrones (I): Adicionar dados a um projeto

Esta série de artigos pretende que, sem conhecimentos prévios e através de uma série de exercícios práticos, aprendamos a trabalhar com um SIG (Sistema de Informações Geográficas). Para tornar mais amena a aprendizagem vamos utilizar uma série de camadas relacionadas com o mundo ficcional de Game of Thrones (também conhecido no Brasil como Crônicas de Gelo e Fogo). Como software utilizaremos o gvSIG Desktop, um SIG livre utilizado em mais de 160 países. Serão artigos muito simples e iremos pouco a pouco nos aprofundando nas ferramentas fundamentais de um Sistema de Informações Geográficas. Começaremos hoje com algo muito básico, adicionar arquivos com dados  cartográficos.

Tanto os instaladores como as versões portables para os diferentes sistemas operacionais podem ser baixados na página web da Associação gvSIG. Se ocorrer qualquer problema com a instalação ou com o uso do software você pode utilizar a lista de usuários para se comunicar com o restante da comunidade e receber suporte.

Os dados que utilizaremos durante esta série de artigos podem ser descarregados aqui.

Em primeiro lugar, abrimos nosso gvSIG. Veremos a interface com os seguintes componentes:

figura01_01

  1. Barra de menus.
  2. Barra de ícones.
  3. Gerenciador de projeto. Permite gerenciar todos os documentos que compõem um projeto.
  4. Área de trabalho. Neste espaço podemos ter abertos os diferentes documentos de um projeto e trabalhar com os mesmos.
  5. Barra de status. Espaço destinado a fornecer informações ao usuário.

O documento que nos interessa é o chamado “Vista”. Permite trabalhar com dados gráficos. Em uma Vista a informação geográfica é representada como um conjunto de camadas.

Por padrão o documento “Vista” está selecionado (está destacado), e tão somente precisamos clicar no botão “Novo” que aparecerá uma nova Vista. Maximizamos a janela.

Agora vamos adicionar camadas na nossa Vista. Para isto simplesmente devemos clicar no botão de “Adicionar camada”, que pode ser encontrado no menu “Vista” ou no ícone:

figura01_02

… e será aberta uma janela com várias abas, que nada mais são do que as diferentes fontes de informação cartográfica possíveis de serem utilizadas no gvSIG (vamos nos ater à primeira, “Arquivo”).

figura01_03

Vamos acionar o botão “Adicionar” para carregar nossa primeira camada. Para isso, vamos buscá-la em nossa pasta de dados, selecionando o arquivo “Land.shp”. Este arquivo (você pode comprovar através de um navegador de arquivos) está acompanhado de um outro denominado “Land.gvsleg”, que contém uma legenda predefinida. Por tanto, será carregado com a cor verde e sem fundo (mais adiante veremos em outro artigo como alterar uma legenda). Representa a zona de terra conhecida de Game of Thrones. Na parte esquerda da Vista (denominada Tabela de conteúdos), podemos conferir como aparece o nome da camada com sua legenda.

Clicando sobre o nome da camada com o botão direito aparecerá um menu contextual que inclui a opção “Adicionar ao localizador”. Selecionamos ela e veremos que a mesma camada aparecerá no canto inferior esquerdo. O localizador mostrará em um retângulo vermelho a área visível da Vista.

Agora que já sabemos como adicionar camadas, vamos adicionar as camadas Islands, Landscape, Lakes, e Rivers. Arrastando e soltando cada uma das camadas na Tabela de conteúdos podemos alterar sua ordem de visualização. Com isto,  já teremos um mapa físico de Game of Thrones.

Por último vamos alterar a cor de fundo da Vista de branco para um tom azulado, o que nos permitirá identificá-lo visualmente como o mar. No menu “Vista” selecionamos a opção “Propriedades”. Na nova janela que se abre veremos que há uma opção que nos permite alterar a cor de fundo.

O resultado final será similar a esse:

figura01_04

Salvem o projeto e nos vemos no próximo exercício