Arquivo diários:25/05/2014

Experimentando a nova tradução para o pt-BR do gvSIG

Buenas, pessoal!

Uma pequena postagem, enquanto nos preparamos para voltar com “força total” (o que vai demorar mais alguns dias, infelizmente…).

Quem acompanha o gvSIG já deve estar sabendo que estamos próximos do lançamento da versão 2.1, que está chegando com muitas melhorias, tanto em estabilidade, quanto em recursos, comprovando o amadurecimento que toda a comunidade de usuários está aguardando ansiosamente.

Uma das melhorias que teremos nesta nova versão é a volta das traduções, que apresentaram vários problemas quando da migração do gvSIG da versão 1.12 para as versões 2.x, agora de uma maneira mais completa e abrangendo a totalidade do aplicativo. A Comunidade Brasileira de Usuários de gvSIG esteve envolvida nos últimos dias no trabalho de revisão e tradução das strings presentes no gvSIG, e esse trabalho já estará disponível no lançamento da versão final do gvSIG 2.1.

No entanto, se você é “curioso” e gostaria de experimentar a nova tradução, existe um “jeitinho”, que estaremos explicando a seguir:

Primeiramente, entre na página das versões em desenvolvimento do gvSIG, e baixe a última versão em desenvolvimento disponível para sua máquina (no momento que escrevo este post, é a Build 2227). Faça a instalação da nova versão (se não souber como, pode acompanhar este tutorial de instalação do gvSIG 2.0). Como é uma versão de testes, pode apresentar alguma instabilidade, então, se for utilizar como versão de trabalho, faça por sua própria conta e risco. Lembrando que você pode escolher uma pasta diferente do que a na qual você tem instalada a versão estável do gvSIG 2.1, o que te permitirá rodar as duas versões de forma independente.

Depois de instalado, precisamos fazer uma pequena operação manualmente: faça o download do arquivo zipado text_pt_BR.properties. Depois de baixado, extraia o arquivo “text_pt_BR.properties” e salve-o dentro da pasta de tradução da versão do gvSIG que você acabou de instalar. Vai depender um pouco de onde você salvou, mas no meu computador ela está localizada em “/gvSIG-desktop/gvSIG-desktop-2.1.0/i18n/translations.all/” (as pastas que não variam são as que estão em negrito, isto é, precisamos salvar dentro da pasta “translations.all“, que está dentro da pasta “i18n“, localizada dentro da pasta onde você instalou o gvSIG 2.1).

Feito isso, podemos abrir o gvSIG normalmente, e selecionarmos a linguagem “Português/Brasil” nas preferências (tutorial ultra-rápido: Menu Exibir > Configuração; na janela que abre, selecionar Geral > Idioma, ativar Português/Brasil e clicar em “Aceitar”)

Pronto! Já podemos desfrutar da nova tradução do gvSIG para o pt-BR! Você pode verificar, inclusive, que agora a tradução já é aplicada na mesma seção de trabalho, sem que sejamos obrigados a reiniciar o gvSIG para trabalharmos com os menus na linguagem selecionada. [Aqui cabe apenas uma ressalva: como essa característica ainda não foi totalmente implementada, algumas strings ainda não estarão traduzidas corretamente. Não se assuste: simplesmente reinicie o gvSIG, e a tradução completa estará lá. Isso está sendo corrigido para a próxima versão. Lembre-se que estamos apenas fazendo uma gambiarra para quem quer usar/conhecer a nova tradução antes que ela seja lançada oficialmente).

Buenas, por enquanto é só, pessoal! Note que ainda existem algumas áreas do gvSIG que permanecem sem tradução (notadamente as Ferramentas > Symbols, Scripting e Development), mas estamos trabalhando nisso!

Um abraço a todos, e até o próximo artigo…  😉